Make your own free website on Tripod.com

Por que Meditar?

Onde podemos encontrar a verdadeira felicidade? No mundo atual, estamos rodeados por níveis sem precedentes de riqueza material e conforto, mas o nosso exterior sofisticado muitas vezes mascara nossos sentimentos de insatisfação, ansiedade e depressão. Ironicamente, muitas vezes parece que quanto maior o "progresso" que vemos no mundo à nossa volta, ficamos ainda menos satisfeitos com nossas vidas.

A meditação nos mostra que a verdadeira felicidade é interna. Os sentimentos de satisfação e plenitude que muitas vezes buscamos fora de nós são, na realidade, parte da nossa natureza primordial. Infelizmente, nos tornamos tão habituados a olhar para fora em busca da felicidade, que muitas vezes não sabemos como explorar esta "riqueza interior". Embora todos nós tenhamos o potencial para encontrar uma felicidade profunda e duradoura que não depende de circunstâncias externas, já não basta escutar que já temos o que precisamos para sermos felizes; precisamos de métodos práticos para descobrir a nossa verdadeira natureza, práticas que nos permitem ir além do condicionamento cultural que nos diz, a todo momento, que somos incompletos.

A prática da meditação nos desperta para a alegria do momento presente. Ao cultivar a atenção e a consciência, podemos transformar situações desafiadoras, como as de convivência com a dor crônica, pensamentos destrutivos e emoções difíceisem fontes de paz interior e alegria. Esta transformação interior não nos obriga a se distanciar do mundo. Pelo contrário, a vida cotidiana está repleta de infinitas oportunidades onde podemos usar a prática da atenção plena para encontrar a preciosidade de cada momento. Meditação não é para nos afastar do mundo, mas para abrir os nossos corações e mentes para a beleza do que já temos.

Durante séculos, várias formas de meditação têm sido ensinadas e praticadas em quase todas as religiões do mundo. Embora existam importantes diferenças entre as técnicas encontradas em cada tradição, elas compartilham a crença de que a verdadeira felicidade não pode ser encontrada na mudança de condições no mundo exterior, mas em vez disso, ao girar a atenção para dentro e explorar a paisagem interna do coração e da mente.

Nos últimos anos, a meditação também tem recebido uma grande atenção da comunidade científica. Pesquisadores da Universidade de Harvard, MIT, Universidade de Wisconsin, e muitas outras instituições de renome têm explorado os efeitos da meditação em muitas áreas, desde a pressão arterial até os os estados diferenciados da consciência. As pesquisas mostraram não só os efeitos profundos que a meditação pode ter no cérebro de meditadores avançados, mas também como a prática da meditação por apenas alguns minutos por dia pode criar um dramático aumento nas partes do cérebro associadas à felicidade e bem-estar. Também foi mostrado que a meditação impulsiona o sistema imunológico do corpo, melhora a capacidade do cérebro de se concentrar por longos períodos de tempo, e é um tratamento eficaz para muitos distúrbios psicológicos.


                                                                        VOLTAR